Produtos com sabor de biodiversidade em destaque na FEBAFES

Entre os dias 14 e 18 de dezembro, de quarta a domingo, organizações produtivas de todas as regiões do estado da Bahia estarão reunidas na 13ª edição da Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária, no Parque Costa Azul, na orla marítima de Salvador. Uma oportunidade para aproximar e fortalecer os laços entre campo e cidade, conhecer a origem dos alimentos que chegam à mesa, promover a cultura alimentar dos territórios e expandir as relações de mercado na capital e região metropolitana. 

Sob a perspectiva do Slow Food, muito mais do que produtos, os alimentos bons, limpos e justos são verdadeiros cartões postais da Bahia, cheios de identidade da agricultura familiar, de assentamentos da reforma agrária e de povos e comunidades tradicionais. Nesse sentido, a FEBAFES, considerada uma das maiores feiras do país, é um espaço estratégico para promover a visibilidade à sociobiodiversidade baiana.

Durante o evento, estandes de comercialização estarão sinalizados com peças de comunicação visual do projeto Slow Food Indica, destacando cooperativas e alimentos livres de transgênicos e agrotóxicos, e que possuem, além das qualidades organolépticas e nutricionais naturais preservadas, valores intrínsecos por fomentar práticas e saberes tradicionais das famílias agricultoras e guardiãs dos territórios de identidade da Bahia.

Ainda dentro da grade da programação, na sexta-feira, dia 16, haverá uma mesa “Slow Food Indica” para apresentação do projeto e das ferramentas e estratégias de fortalecimento e valorização adotadas, como a utilização da tecnologia de realidade aumentada, QR Code, para as etiquetas narrativas em formato digital, para dar suporte ao processo de promoção, comercialização e rastreabilidade dos produtos.

Qual a função das etiquetas narrativas em formato digital? As etiquetas contam detalhes da produção, como técnicas de cultivo, criação e processamento, além dos contextos culturais e identitários. Uma ferramenta informativa, que reduz as distâncias geográficas até o consumidor final e cultiva na cidade experiências de consumo responsável, contando uma história viva, que agrega valores verdadeiros ao produto e dá ainda mais gosto e prazer na hora de comer.

CSF Alguidá Salvador

Também estará presente esse ano, com estande próprio e atividades diversificadas na programação da feira, a Comunidade Slow Food Alguidá Salvador pela Ecogastronomia e a Comida de Verdade, com participações de ativistas alimentares nas mesas temáticas e na Cozinha Show.

Slow Food na 13ª FEBAFES 

MESAS

  • Apresentação Slow Food às cooperativas da agricultura familiar: quarta dia 14, 15h às 17h, auditório Umbu 
  • Slow Food Indica: sexta dia 16, 16h às 18h, auditório Café
  • Turismo Ecogastronômico: sábado dia 17, 9h às 11h, auditório Umbu

COZINHA SHOW

  • Da feira aos copos: drinques refrescantes com a Rota da Cachaça: sexta dia 16, às 18h30
  • Arca do Gosto da Bahia: sábado dia 17, às 11h

Leave a Comment:

Últimas notícias

Visual Portfolio, Posts & Image Gallery for WordPress

Dona_joana_manue_foto_Jussara_Dantas

Três vezes manuê

Date 1 dezembro, 2022
O manuê ou manauê é um bolo de milho e melado de cana com muito sabor e muita história. Faz parte do...

WhatsApp-Image-2022-11-17-at-16.22.06

“É preciso mudar radicalmente o sistema alimentar vigente”, defende Carlo Petrini, fundador do movimento Slow Food, em evento realizado em São Paulo no início de novembro de 2022.

Por mais ativismo alimentar na gastronomia

Date 18 novembro, 2022
“É preciso mudar radicalmente o sistema alimentar vigente”, defende Carlo Petrini, fundador do movimento Slow Food, em evento realizado em São Paulo...

taioba Festival Arca do Gosto 2016

Festival Arca do Gosto

Date 16 novembro, 2022
O Festival Arca do Gosto é um festival ecogastronômico voltado para a sensibilização de restaurantes e comensais sobre a biodiversidade e os...