#2 a comida nos une

O movimento Slow Food encara a comida por um amplo prisma, atravessando a cultura alimentar, a agroecologia, os alimentos artesanais, a pesca artesanal, o extrativismo, a sociobiodiversidade, a economia solidária, a justiça climática, a ecogastronomia, o turismo de base comunitária, o encurtamento de cadeias, o consumo responsável, o respeito à sazonalidade, a educação do gosto, a incidência política, a questão agrária, a guarda de sementes, tudo isso e mais um tanto que se resume no lema “alimento bom, limpo e justo para todos”. Essa multiplicidade atrai também uma diversidade de pessoas, com perfis bem heterogêneos e o que pode ser uma potência mas, muitas vezes, também gera dificuldades relacionais e atritos de pontos de vista sobre como deveríamos lidar com questões específicas.

Dentro de cada coletivo o ideal é que o diálogo entre as pessoas seja autônomo e fluido (sem a necessidade de uma centralização na figura do porta-voz) e que os embates se restrinjam a ideias mais do que a pessoas. Mas, sendo realista, é muito comum que essas fronteiras nem sempre estejam definidas e surjam dificuldades relacionais que afetam o grupo como um todo, com consequências no engajamento e mobilização coletiva no médio e longo prazos. 

A convivialidade e a comensalidade são meios pelos quais o movimento Slow Food se fundou e são importantes estratégias de coesão social, abrindo brechas para identificar convergências a partir do diálogo e das vivências compartilhadas. É oportunidade também de perceber outras camadas e habilidades das pessoas, identificando novas potencialidades num mesmo grupo.

Dialogar e convergir são formas pelas quais diferentes grupos que atuam em frentes complementares podem visibilizar como avançam rumo a objetivos comuns e em rede, o fluxo de informações é essencial para que consigamos unidade para os macro objetivos do movimento.

Compartilhe como a comida te une a outras pessoas, alguma história que tenha sido marcante no seu trajeto no Slow Food.

Visualize todas as etapas do Percurso Ativista em www.slowfoodbrasil.org/percursoativista

Deixe um comentário:

Últimas notícias

Visual Portfolio, Posts & Image Gallery for WordPress

Contar, registrar, salvaguardar

Contar as histórias sobre modos de viver e conviver de um povo, para além de registrá-la, é também uma forma de partilhar cultura e sabedoria.  Cada vez mais livros de receitas tornam-se...