Slow Food assina declaração conjunta e expressa preocupação sobre simpósio sobre biotenologia da FAO

“Entre 15 e 17 de fevereiro de 2016, acontece o simpósio internacional da FAO (Organização das Nações Unidas para alimentação e agricultura, na sigla em inglês) “O papel das biotecnologias agrícolas em sistemas alimentares sustentáveis e nutrição” na sede da FAO em Roma.
O programa do simpósio foca sobre a aplicação da ciência e tecnologia, especificamente as biotecnologias agrícolas. Em particular, o simpósio da FAO se propõe a enaltecer os benefícios de biotecnologias, transgênicos e outros constructos genéticos artificiais no desenvolvimento de sistemas alimentares e aumentando a nutrição no contexto das mudanças climáticas. Tecnologias baseadas nas Culturas são totalmente desconsideradas.
Slow Food assinou uma declaração conjunta com a Via Campesina, GRAIN e muitas outras Organizações da Sociedade Civil (OSCs) expressando suas preocupações acerca do programa do simpósio.

Slow Food enfatiza que os transgênicos não alimentam o mundo.

Eles são propriedade das ‘Seis Grandes’ corporações transnacionais e cultivadas principalmente em alguns países com plantações industriais com fins de produção de agrocombustíveis e ração animal. Eles aumentam o uso de pesticidas e expulsam os campesinos da terra. Além do mais, o sistema alimentar industrial que ela promove é um dos principais fatores que agravam as mudanças climáticas.
No ano passado, a FAO sediou um simpósio internacional de agroecologia e realizou três encontros regionais em conjunto com governos e OSCs para discutir como levar adiante a agenda agroecológica. Aquelas atividades eram muito mais próximas da forma que a FAO deveria agir: como um centro para troca de conhecimentos. Ainda que a FAO não cumpriu tais expectativas. Ela não organizou um simpósio de agroecologia, favorecendo a industria de biotecnologia e as mesmas corporações que já controlam 75% do setor privado global em pesquisa e desenvolvimento na agricultura.
De acordo com o Slow Food, a FAO parece estar se limitando às corporações de biotecnologia, negando a existência de tecnologias, habilidades e conhecimentos campesinos. Slow Food acredita que protegendo comunidades locais e produção da agricultura familiar é vital para a conservação da biodiversidade, erradicação da fome, aumento da saúde, garantir segurança alimentar, manter modos de vida rurais (e urbanos), manejar recursos naturais e proteger o meio ambiente.

Agricultores de pequena escala são aqueles que alimentam o mundo.

Precisamos aprender deles a proteger seus conhecimentos tradicionais, e não de corporações de biotecnologia.
Esse é o motivo pelo qual Slow Food e outras organizações signatárias da declaração apela para mudanças nas prioridades da FAO, pedindo que a organização busque com determinação a agroecologia e a soberania alimentar como caminho para alimentar o mundo, ao invés de permitir que corporações empurrem suas agendas biotecnológicas.”

O post original “Slow Food Signs Joint Statement and Expresses Concern over FAO Symposium on Biotechnology” foi publicado por Slow Food Internacional e refere-se à Declaração Conjunta (em inglês) de várias OSCs.

Leave a Comment:

Últimas notícias

Visual Portfolio, Posts & Image Gallery for WordPress

7

Transumância

Date 5 dezembro, 2022
Era uma manhã de domingo nublada, um pouco chuvosa. Final de outubro, outono em Madrid. Algumas das principais ruas do centro da...

Dona_joana_manue_foto_Jussara_Dantas

Três vezes manuê

Date 1 dezembro, 2022
O manuê ou manauê é um bolo de milho e melado de cana com muito sabor e muita história. Faz parte do...

WhatsApp-Image-2022-11-17-at-16.22.06

“É preciso mudar radicalmente o sistema alimentar vigente”, defende Carlo Petrini, fundador do movimento Slow Food, em evento realizado em São Paulo no início de novembro de 2022.

Por mais ativismo alimentar na gastronomia

Date 18 novembro, 2022
“É preciso mudar radicalmente o sistema alimentar vigente”, defende Carlo Petrini, fundador do movimento Slow Food, em evento realizado em São Paulo...

taioba Festival Arca do Gosto 2016

Festival Arca do Gosto

Date 16 novembro, 2022
O Festival Arca do Gosto é um festival ecogastronômico voltado para a sensibilização de restaurantes e comensais sobre a biodiversidade e os...