Seminário gastronomia Comidas do Mar

Seminário comemora 10 anos do Museu da Gastronomia Baiana

Seminário gastronomia Comidas do Mar

O 10° Seminário de Gastronomia Baiana, acontecerá no dia 23/08/16 com o tema: Águas de Comer. Peixes, mariscos e crustáceos da Bahia, onde irá discorrer sobre o tema nas diversas áreas do conhecimento, promovendo o debate e novos olhares a respeito do tema, onde a cultura e identidade alimentar do baiano é difundida. concomitante com o lançamento do livro do mesmo titulo em homenagem aos 10 anos do Museu de Gastronomia Baiana. Sendo um evento já consolidado e que promove a nossa gastronomia e fomenta o estudo e pesquisa a respeito do tema, ratificando a importância desse evento não apenas para gastronomia, cultura e áreas afins como para toda sociedade.

X Seminário de Gastronomia
Águas de Comer. Peixes, mariscos e crustáceos da Bahia

A Bahia está repleta das águas do mar, e de tudo o que essas águas representam, simbolizam e atestam, enquanto história, cultura e identidade.

Nesses cenários, as comidas, as técnicas culinárias, as estéticas dos pratos, os cardápios e as maneiras de comer, traduzem a comensalidade nas feiras, nos mercados, nas casas; nos rituais religiosos, e nas maneiras de pescar. É um rico imaginário que faz o baiano e o mar serem inseparáveis.

O mar é a comida. Come-se o mar, suas mitologias, suas belezas, seus sabores, dentro de invenções que misturam dendê, coco, pimenta, e tudo mais que a arte na cozinha traduz e encanta à mesa.    

Raul Lody / Curador MGBA

 

Programação

Dia 23 de agosto de 2016 – terça-feira – das 13h00 às 18h00

Local – Teatro Sesc-Senac Pelourinho

  • 13h00 Credenciamento
  • 14h00 Abertura Solene – Direção Senac-Bahia e Coordenador do Seminário Raul Lody
  • 14h10   Os 10 anos do Museu da Gastronomia Baiana – Raul Lody
  • 14h20 Painel 1: Em defesa da qualidade ambiental para preservar a qualidade gastronômica dos produtos pesqueiros das comunidades tradicionais da Bahia – Miguel Accioly, especialista em Oceanografia Biológica (UFRPE), doutor em Ciências Biológicas ( Botânica, USP)
  • 14h50 Painel 2: Aspectos nutricionais dos pescados e histórias de um pescador –      Lilian Lessa Andrade  ,,nutricionista, doutoranda em Difusão do Conhecimento, Nutrição e Saúde (UFBA):Antônio Andrade Santos., ,comerciário aposentado, iniciou seu trabalho aos 13 anos, possui uma rica memória oral sobre a Bahia.
  • 15h10 Painel 3: “Sabores que vêm das Águas da Bahia” – Odilon Braga Castro, cozinheiro profissional e professor da UFBA. Mestre em alimentação, nutrição e saúde (ENUFBA)

Alunos de Gastronomia da UFBA – Odilon Braga.( mediação)

  • 16h00 Painel 4: Dos saberes aos sabores na pesca tradicional de Velha Boipeba – Bahia – Jussara Cristina Vasconcelos Rêgo., doutoranda, Mestre em Geografai e Biologia  (UFBA)
  • 16h20 Painel 5: História de pescadora: de farol a farol, dois dedos de prosa com as pescadoras Babi Brazil e Alexandra Amorim – Daniela Castro. ( mediação) jornalista especialista em gastron0omia, mestre em cultura e sociedade(UFBA)assina o blog “ Pimenta e cominho”.
  • 16h40 Painel 6: Pescado Social: peixes e mariscos no cotidiano da comunidade quilombola de Bananeiras – Ilha de Maré.  Tereza Cristina Braga Ferreira., nutricionista, doutoranda em Difusão do Conhecimento. Mestre em nutrição e saúde (UFBA).
  • 17h00 Painel 7: “Os peixes e a cozinha da matriz africana nos terreiros de candomblé” – Elmo Alves, docente Senac Bahia, graduado em   história (UCSAL) : Ricardo Pereira Aragão Taata dya Nkisi Nazazi, mestre em Ciências Sociais(UFBA) .
  • 17h20 Painel 8: A “moqueca de Baiacu” e “o risco absoluto a vida humana”:  saberes tradicionais e o mito da modernidade científica como saber socialmente referenciado – Paulo Henrique Carvalho e Silva,  licenciado  em Ciências Sociais, mestrando em antropologia(UFBA).
  • 17h40 Painel 9: Ingredientes das águas.
  • O movimento Slow food e o projeto Slow fish, .Fernanda Cabrini , representante do Slow food na Bahia, pesquisadora de agro-floresta , preservação de solo, e etnogastronomia;:  Marcelo Terça-,Nada , membro do Conselho do Slow food no Brasil, designer com foco em sustentabilidade e comércio justo:
  • Cultivo de ostra, Jucilene Viana Joselino , quilombo Kaonge.
  • 18h00 Encerramento.

O Seminário “Águas de Comer. Peixes, mariscos e crustáceos da Bahia” reúne especialistas nas áreas de gastronomia, antropologia, biociências, nutrição e comunicação.

Público alvo

Profissionais das áreas de gastronomia, nutrição, história, turismo, ecologia e hospitalidade.

Valor das Inscrições

Seminário: R$ 45,00

Informações nas unidades do Senac:

Pelourinho / Loja Doces & Livros
Praça José de Alencar 13/19 – Largo do Pelourinho

Casa do Comércio
Avenida Tancredo Neves 1.109 / Edifício Casa do Comércio / 5º andar / Pituba

Contatos

Tel. (55) 71 3186-4000 / senac@ba.senac.br

www.ba.senac.br/museu/seminario

Deixe um comentário:

Últimas notícias

Visual Portfolio, Posts & Image Gallery for WordPress

sociobio Amazônia no Acre

Reunião na Terra Indígena Katukina-Kaxinawá em Cruzeiro do Sul, Acre, sobre o edital da alimentação escolar para povos e comunidades tradicionais.

Projeto Sociobiodiversidade Amazônica no Acre: desenvolvimento do programa nacional de alimentação escolar (PNAE) para povos indígenas e comunidades tradicionais

Date 29 setembro, 2022
Foto: Reunião na Terra Indígena Katukina-Kaxinawá em Cruzeiro do Sul, Acre, sobre o edital da alimentação escolar para povos e comunidades tradicionais....