Gastromotiva – gastronomia e empreendedorismo social

David Hertz, chefe de cozinha de Terra Madre, professor de gastronomia e empreendedor social, tem um sonho: ajudar jovens socialmente desfavorecidos a construírem um futuro no setor gastronômico. Por isso deu início a um empreendimento social, trabalhando com comunidades carentes de São Paulo, a cidade mais populosa do Brasil. O Bufê Gastromotiva ocupa-se de capacitação dos jovens, os ajuda a iniciar, localmente, atividades sustentáveis no setor gastronômico e, recentemente, os alunos da Gastromotiva abriram o próprio Convivium Slow Food para divulgar, junto com as comunidades, o princípio do alimento "bom, limpo e justo". 

"Queríamos usar o alimento, linguagem universal para toda a humanidade, como ferramenta social para dar aos jovens carentes e sem formação, a possibilidade de se tornarem uma geração de empreendedores partindo da base, capazes de tirar as próprias famílias e comunidades da pobreza e da fome", diz Hertz. "Queríamos que esta ideia se tornasse realidade." O curso profissionalizante em cozinha do Bufê Gastromotiva é gratuito e oferece 30 vagas por semestre, destinadas a jovens de baixa renda. O curso engloba aulas práticas e teóricas, atividades de desenvolvimento das atitudes pessoais e visitas didáticas às empresas e estágios práticos no local. Os alunos aprendem as técnicas culinárias com base na gastronomia regional tradicional brasileira e conceitos e valores da ecogastronomia. Gestão e reciclagem de resíduos, agricultura biodinâmica, técnicas de cocção e manipulação de utensílios estão entre os temas abordados. "A missão de Bufê Gastromotiva é de não apenas formar os jovens, mas também de auxiliá-los na hora de procurar um emprego no setor", acrescenta David Hertz. Para os melhores, a organização oferece duas bolsas de estudo universitárias destinadas a alunos que terminaram o segundo grau, para que possam continuar seus estudos. 

"O curso profissionalizante dá ênfase especial ao papel e responsabilidades de cada um de nós dentro da sociedade; acho que isto representa um elemento chave para que os jovens de hoje possam mudar a própria situação atual e o próprio futuro", afirma David Hertz que, depois de ter viajado pelo mundo, se estabeleceu em São Paulo, não pelas oportunidades profissionais, mas com a esperança de realizar o seu sonho de trabalhar com a população de baixa renda de uma grande cidade. 

Paralelamente ao curso profissionalizante, foi criada uma incubadora de pequenas empresas para auxiliar os alunos a iniciar atividades gastronômicas sustentáveis que criem postos de trabalho nas áreas mais carentes. A incubadora está atualmente ajudando um grupo de mulheres de uma favela local a dar início a uma atividade de catering, esperando atrair investidores para, no mínimo, seis novas atividades ao ano, criando mais de 500 postos de trabalho em São Paulo, nos próximos cinco anos. 

O setor comercial da organização, uma empresa de catering, reverte 100% dos lucros gerados em atividades sem finalidade de lucro. A empresa é especializada em eventos sociais e empresariais, e prestou seus serviços ao Terra Madre Brasil em março de 2010. "Ao escolhermos os ingredientes, além dos produtos frescos e orgânicos, tentamos usar alimentos em risco de extinção, como a noz de Baru ou a geleia de Umbu, e estamos planejando uma cadeia para a produção de alimentos sustentáveis em parceria com os pequenos produtores locais".

O Convivium Gastromotiva, criado há dois meses e administrado pelos alunos, nasceu para informar e promover atividades socialmente úteis nas comunidades de baixa renda, com a certeza de que todos têm direito a um alimento bom, limpo e justo, independentemente da renda e do status social. O convivium vai trabalhar com projetos do Slow Food como o de educação sensorial nas comunidades locais. 

O Bufê Gastromotiva está atualmente buscando parceiros e patrocinadores para 2011 e 2012, entre as organizações brasileiras e internacionais. 

Seu objetivo a longo prazo é replicar este modelo em outras cidades do Brasil e sucessivamente no mundo, para aumentar seu alcance, oferecendo oportunidades de crescimento profissional aos jovens mais carentes. 

Saiba mais: 
www.gastromotiva.org
David Hertz [email protected]

Convivium Slow Food Gastromotiva 
[email protected] 

Deixe um comentário:

Últimas notícias

Visual Portfolio, Posts & Image Gallery for WordPress

Terra: a mãe de todas as lutas

Democratizar o acesso à terra e ao alimento bom, limpo e justo é dar condições à vida Confluindo com o mês de visibilidade às lutas dos povos originários, em abril, iniciaram as...

Peixe de Varal

Pescados artesanais, cozinha local, sabedoria caiçara, tempo, sol e mar,  são esses os ingredientes que da Peixe de Varal. Angélica Souza é pescadora, cozinheira e empreendedora na Peixe de Varal. É um...

Território e Cultura Alimentar no Ceará

Projeto propõe ações de fortalecimento junto a comunidades indígenas cearenses A confluência entre a Associação Slow Food do Brasil (ASFB), a Secretaria de Desenvolvimento Agrário, através do Projeto São José, e a...