Marilde e as mulheres do Sabor do Cerrado

Central do Cerrado e Slow Food Cerrado juntos no apoio ao grupo de mulheres Sabor do Cerrado

Logo após nossa participação no Dia do Terra Madre em Brasília, no dia 12 de dezembro foram realizadas com o Grupo de Mulheres Sabor do Cerrado uma oficina para confecção de petifours (chamo de biscoitinho) com Marilde Cavaletti e outra para confecção de panetones com Eduardo Lopes, ambos Chefs de Cozinha do nosso convivium Cerrado.

O apoio dos nossos Chefs ao Grupo Sabor do Cerrado, do Assentamento Colônia I em Padre Bernardo-GO, se deu por meio da Central do Cerrado. Teve como intuito capacitar as mulheres para elaboração de novos produtos para composição dos lanches e cestas fornecidos pela Central do Cerrado , da qual o grupo de mulheres participa. Ambas as oficinas foram desenvolvidas utilizando os produtos de diversas organizações que participam da Central do Cerrado.

Marilde Cavaletti desenvolveu diversos petifours utilizando mesocarpo de babaçu (COOPAESP-MA), farinha de jatobá (CEPPEC – MS ) e natmel (Meliponina-MA).

Marilde e as mulheres do Sabor do Cerrado

Eduardo Lopes desenvolveu com as mulheres três receitas de panetone utilizando castanha de baru (Promessa de Futuro – GO ), mesocarpo de babaçu (COPAESP – MA), farinha de jatobá (CEPPEC – MS ), Natmel (Meliponina – MA), Açúcar Mascavo (Grande Sertão ), Frutas desidratadas (CAV – MG ).

 

panetone.jpg

 

Como era de se esperar os quitutes ficaram deliciosos e todos ficaram super satisfeitos com a parceria. Os panetones estrearam na cesta de Natal da Central do Cerrado e os petifour aguardam a oportunidade para estrelarem.

Marilde se encantou com as mulheres e a estrutura da cozinha, e está em vias de voltar para o assentamento para ajudar as mulheres a se aprimorarem na padronização dos produtos, decoração, embalagem, armazenamento e customização.

É com a solidariedade a apoio de Chefes queridos como Marilde e Eduardo que grupos comunitários se desenvolvem e a Central do Cerrado se fortalece.

 

grupo_cerrado.jpg

 

Que em 2010 o nosso lema Bom, Limpo e Justo esteja cada vez mais presente em nossas mentes e principalmente em nossas ações.

 

Leave a Comment:

Últimas notícias

Visual Portfolio, Posts & Image Gallery for WordPress

revolta_dos_males

A revolta dos malês e a comida baiana

Date 24 janeiro, 2023
por Patrícia Nicolau e Ednilson Andrade, integrantes do coletivo Antirracismo Slow Food A revolta constituída de quase 600 homens, majoritariamente muçulmanos e...